papawemba.info

Biblioteca Brasileira de Arquivos

BAIXAR CURSO DE PEDREIRO EM DVD GRATIS


Curso De Pedreiro Mestre De Obras Construção Com 21 Dvds. R$ .. Curso Construção Civil Pedreiro Obras 6 Dvds - Frete Grátis. R$ 6x R$ 5 83 sem. Faça um curso de pedreiro completo com apostila para download para você conquistar O acesso a essas apostilas é gratuito e livre para baixar e imprimir. construção civil, pedreiro, mestre de obras, engenheiro, apostila, dvd, curso, construir, casa, Curso Completo de Construção Civil em Vídeo Aulas Passo a Passo . Frete Grátis via Carta Registrada com código para Rastreio e Seguro!.

Nome: curso de pedreiro em dvd gratis
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: iOS. Android. Windows XP/7/10. MacOS.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:28.87 Megabytes

GRATIS EM DVD CURSO BAIXAR PEDREIRO DE

Enviar uma Proposta. Os programas do Curso de Hacker também funcionam no Windows Vista. A distância entre a lateral da cama e a parede deve ser de, no mínimo, 60 cm. Por exemplo: para fabricar um tipo de concreto chamado de concreto magro, uma possibilidade de trao , para cada saco de cimento de 50 quilogramas kg : 8,5 latas de 18 litros de areia; 11,5 latas de 18 de pedra britada; 2 latas de 18 de gua. Nessa aula você ira aprender a monitorar as portas do seu computador com um Firewall. Eu construindo minha casa com Juliano Vieira , views Obter Preço. Registre, com suas palavras, o que voc aprendeu sobre esse assunto. Eu gostaria de saber como coloco minha imagem aqui do lado do meu nome. Vamos usar aqui as dimenses mais usuais: 1,10 m 2,20 m. Cada grupo vai fazer uma pesquisa diferente e preparar uma apresentao para a classe. Eles podem ser feitos na prpria obra, com pedaos de madeira. Basta acessar a nossa loja virtual , fazer o seu cadastro e fazer o seu pedido. Também se vou adquirir o certificado??? O modelo PAR 20 com o corpo blindado, próprio para luz focada, forma um cone sobre o objeto. A gua uma matria que pode se apresentar em trs estados: como gelo estado slido , como gua para beber estado lquido e como vapor-dgua estado gasoso. O uso de EPIs depende do risco a que o trabalhador est exposto. Use a cor em seu favor, criando efeitos. Como faço? Cuidado com os pudins que levam creme de leite pois podem estragar faça esses na véspera.

Faça um curso de pedreiro completo com apostila para download para você conquistar O acesso a essas apostilas é gratuito e livre para baixar e imprimir. construção civil, pedreiro, mestre de obras, engenheiro, apostila, dvd, curso, construir, casa, Curso Completo de Construção Civil em Vídeo Aulas Passo a Passo . Frete Grátis via Carta Registrada com código para Rastreio e Seguro!. No curso de Pedreiro, o participante conhecerá as principais técnicas para exercer a ocupação: da preparação do canteiro de obras aos revestimentos e. Você pode baixar o curso de pedreiro para visualizar no seu próprio computador . O formato está em PDF e pode ser visualizado por qualquer programa leitor. Sem dúvidas, você deve ter notado que a profissão de pedreiro cresceu muito no decorrer dos anos. Além disso Esse curso de pedreiro é Formado por um DVD com 45 videoaulas práticas com 10 Horas de Duração. Você vai frete gratis.

Nota: Boa tarde! Eu estou enteresado em baixar esse curso como posso fazer o meu pedido? Eu quero pagar em vale postal. Se possível for mande o seu telefone para que eu possa entrar em contato com vocês espero seu contato.

Bom dia obrigado pela compra! Gostaria de saber mais informações e dos DVD completo. Poderia enviar no meu e-mail. Para isso, o projeto ou planta baixa dever ser apresentado no setor de obras da prefeitura. Se o projeto for aprovado, o construtor receber um documento chamado alvar de construo e, ento, poder iniciar a obra. Observe que, no caso anterior, o desenho tambm feito em escala; o tamanho dos cmodos est representado de modo proporcional realidade.

Portas, sacadas, escadas, azulejos, peas de cermica e telhados aparecem em destaque. Observe, nos exemplos anteriores, que o desenho da fachada pode ser desdobrado em vrios desenhos, mostrando como deve ser a frente da casa, a parte de trs os fundos e as laterais.

H tambm desenhos que indicam os materiais que sero usados nas fachadas: pedras, madeira, cermicas, vidros etc. Diferentemente dos desenhos detalhados, alguns arquitetos e engenheiros apresentam os desenhos de fachadas apenas na forma de croqui uma palavra derivada do francs que signifca esboo.

O croqui um desenho preliminar, por isso no obedece proporcionalidade correta das medidas e no tem, portanto, grande preciso. Ainda que esses aspectos no faam parte de sua capacitao geral, importante que voc tenha ideia de como so esses desenhos. Uma planta que traz a indicao das instalaes hidrulicas de uma residncia ou outra construo pode ser de diferentes tipos, como mostraremos a seguir.

Essas plantas devem ser de seu conhecimento, pois voc precisar saber onde passaro canos e tubulaes quando estiver construindo ou reformando as paredes de uma casa.

Ilustra es: Planomoto r. Saber um pouco sobre as instalaes eltricas tambm importante. Conhecendo os locais pelos quais passaro os fos e onde fcaro os pontos de luz ou energia, voc poder deixar instaladas as caixas de luz e os condutes, facilitando o trabalho dos eletricistas, que realizado, em geral, mais para o fnal da obra.

Alm dos tipos de desenho apresentados aqui, que so para uso dos pedreiros, h outros preparados para orientar o trabalho de reas profissionais especficas. Por exemplo: as plantas de instalaes hidrulicas, usadas por encanadores, e as plantas de instalaes eltricas, usadas por eletricistas. Em grupo de cinco, observem os desenhos nas pginas a seguir. Identifquem e marquem no respectivo desenho o que representa: a A fachada. Analisem a fachada e respondam: a O que possvel concluir sobre as caractersticas do terreno?

Ele plano ou existem inclinaes? Sobre a planta baixa, respondam: a Qual o tamanho a rea construda da residncia? Usem lpis vermelho para marcar as portas e lpis verde para identifcar as janelas.

Agora, observando os cortes laterais: Que outras informaes esses desenhos fornecem sobre a obra que ser construda? Com a ajuda do monitor, discutam as concluses dos grupos, adequando as respostas dadas, quando for o caso. Entrando em uma obra: organizao e preparo do local de trabalho A primeira etapa em uma obra a organizao e o preparo do local onde voc vai trabalhar, ou seja, o canteiro de obras. Conhecendo o projeto, voc saber as partes do terreno que devero ser preparadas para o incio dos trabalhos.

Trocando em midos, preparar o terreno signifca, na prtica: Tapumes: Painis contnuos que tm por objetivo proteger os pedestres dos possveis acidentes que decorrem da execuo dos trabalhos. Tambm visam dificultar o desvio de material da obra. Alm disso, voc dever saber: selecionar as ferramentas e os materiais de que precisar no trabalho que comea agora; baixar ou informar-se sobre se essas ferramentas e materiais esto disponveis na obra, para que voc possa us-los.

Todas essas etapas podem levar mais ou menos tempo, exigir mais ou menos trabalhadores e implicar o gasto de diferentes tipos de material. Isso tudo vai depender do tamanho e das caractersticas da obra. Vamos comear falando sobre as providncias que dizem respeito ao terreno. A indicao de ferramentas e de materiais que sero utilizados em cada etapa ser dada conforme eles forem necessrios para o trabalho.

Entrando no terreno A primeira etapa de uma obra a limpeza do terreno. Mas, antes de inici-la, preciso verifcar se a rede de gua alcana o terreno ou se h meios de lev-la ao local de trabalho. Uma obra, qualquer que seja, sempre necessitar de gua. Se o terreno no dispuser de entrada de gua, ela ter de ser providenciada. Ou seja, preciso ter uma ligao de gua com a rede da cidade ligao que dever ser solicitada empresa responsvel pela distribuio de gua em cada municpio.

PEDREIRO GRATIS CURSO EM DE BAIXAR DVD

Em grande parte dos municpios paulistas, o rgo responsvel pelo saneamento a Companhia de Saneamento Bsico do Estado de So Paulo Sabesp. Pesquise, no municpio em que voc vive, qual a empresa responsvel e anote a seguir, para lembrar mais tarde:. As solicitaes para esses servios devero ser entregues na concessionria responsvel no municpio, nos rgos regionais ou nos locais autorizados. Limpar o terreno A limpeza do terreno pode envolver diferentes servios que vo depender das condies em que se encontrar o terreno antes do incio da obra.

H casos em que a limpeza implica demolio de construes. H pessoas e empresas especializadas nesse servio, as quais, inclusive, vendem os materiais reaproveitveis. Assim, poder ser necessrio carpir, roar ou destocar, de acordo com o que exigir a vegetao, ou retirar lixo ou entulho acumulado. Para limpar o terreno, voc precisar, basicamente, de enxada, p e carrinho de mo. Independentemente do tamanho da obra, essas so ferramentas que voc j dever ter comprado, se pretender trabalhar como autnomo e no quiser depender de outros trabalhadores ou de quem contratou seu trabalho.

Na cidade de So Paulo, a partir de , o uso de caambas para entulho passou a ser regulamentado por decreto, sendo obrigatrio o cadastramento prvio no Departamento de Limpeza Urbana Limpurb. As regras mudam de uma cidade para a outra. Por isso preciso consultar a legislao especfica de cada localidade. Alm disso, se o terreno for excessivamente grande e sua limpeza exigir muito esforo fsico e tempo, h a possibilidade de que o trabalho seja feito por equipamentos motorizados: ps carregadeiras e caminhes.

Nesse caso, uma empresa especializada que conte com profssionais com carteira de habilitao e experincia no manejo de veculos pesados ser acionada para dirigir e fazer o trabalho de limpeza. Se houver rvores que precisem ser retiradas do local, necessrio ter uma autorizao para remov-las.

A legislao ambiental probe o desmatamento, de forma geral. Porm, em terrenos dentro das cidades, o rgo responsvel pelo meio ambiente do municpio quando houver , ou, em So Paulo, a Companhia Ambiental do Estado de So Paulo Cetesb , pode autorizar a retirada de rvores isoladas.

Para isso, preciso apresentar uma documentao que justifique o pedido de corte. Para saber mais, consulte o site da Cetesb sobre licenciamento ambiental. Especificamente no municpio de So Paulo, toda poda e remoo de rvore necessitam de autorizao prvia do Poder Executivo Municipal.

Uma empresa especializada tambm dever ser contratada se houver necessidade de nivelar o terreno, isto , distribuir a terra de forma mais uniforme, buscando deixar plana a rea que ser ocupada pela construo. Nesse caso, caber aos pedreiros ajudar os trabalhadores da empresa contratada nas etapas que tero de ser feitas manualmente.

Cercar o terreno com tapume Essa uma etapa nem sempre feita quando se trata de pequenas construes e obras residenciais. Independentemente do tamanho da obra, cercar o terreno antes de inici-la tem, pelo menos, trs objetivos ou vantagens : primeiro proteger o local e os materiais que estaro l armazenados; segundo proteger a populao que anda nas ruas e que poder, de forma desavisada, machucar-se ao passar prximo de materiais cortantes ou terrenos acidentados, deixados sem o devido cuidado; terceiro cumprir legislaes locais que exigem, no caso de grandes obras, que os terrenos sejam cercados.

Cavadeira para abrir os buracos no solo onde ficaro presos os pontaletes Fotos: Paulo Savala. C h a p a de compensado madeirite , com espessura de 6 mm ou 10 mm, para fazer o tapume. Pontalete ou caibro de madeira serrada para fazer pequenos pilares D im enso sugerida: 8 cm x 8 cm x 3 m.

S arraf o de madeira serrada para fazer o travamento dos pontaletes e o suporte das chapas de compensado. D im ens o sugerida: 7 cm, com comprimento d e 2,2 m. E como fazer o cercamento do terreno? Se voc tiver de baixar o material para a realizao dessa etapa, a primeira tarefa ser calcular a quantidade necessria.

Para isso, voc precisa se valer de saberes de Matemtica. Comece olhando a planta baixa da obra e identifcando a metragem de cada lado do terreno.

Voc ter de saber tambm as dimenses do compensado madeirite. Se voc no estiver de posse da planta ou no souber a medida do terreno, ter de utilizar uma trena, ferramenta adequada para esta atividade e que dever estar sempre com voc. Agora, fazer as contas. O terreno um retngulo; portanto, as medidas de superfcie de seus dois lados L so iguais; e as medidas da frente e do fundo tambm F.

As medidas do terreno so: lado: 45 m; frente: 20 m. As dimenses das chapas de compensado variam de acordo com o fabricante. Vamos usar aqui as dimenses mais usuais: 1,10 m 2,20 m. Para saber quantas chapas de compensado voc vai precisar, siga os passos a seguir.

Primeiro, calcule o permetro do terreno, ou seja, a soma de todos os lados. Mas lembre-se: isso s pode ser feito porque o terreno tem o formato de um retngulo, em que dois lados tm a mesma medida e os outros dois tambm.

Neste momento, voc j sabe: quantos metros de terreno ter de cercar: m; qual a medida da largura de uma pea de compensado: 1,10 m. E se for um quadrado? Como j falado Unidade 4, pgina 80 , o quadrado uma figura geomtrica que possui os quatro lados iguais. Por isso, para calcular o perme- tro de um terreno quadrado, basta multiplicar a medida de um dos lados por 4. Com esses dados, uma operao de diviso permitir que voc saiba quantas peas de compensado sero necessrias para cercar o terreno.

CURSO DVD GRATIS BAIXAR DE EM PEDREIRO

Mas voc no vai baixar peas e mais um pedao 0,2 de uma pea , no? Para fazer essa diviso, use uma calculadora. Programe-se para baixar cerca de peas. E a quantidade de pontaletes, como calcular? Exatamente da mesma forma. Voc utilizar um pontalete para cada duas chapas de compensado madeirite mais um pontalete para unir a ltima chapa.

Para fazer o travamento dos pontaletes so necessrias trs linhas de sarrafos de madeira, conforme mostra o desenho a seguir: Planomotor. Os sarrafos de madeira, portanto, devero ser em nmero sufciente para cercar trs vezes o terreno. Sabendo as dimenses dos caibros, podemos calcular a quantidade necessria de peas. A quantidade de pregos voc no precisa calcular com exatido. No comeo da obra, adquira alguns pacotes de pregos de diferentes tamanhos. Com certeza, voc os usar durante toda a obra.

E, caso sobre, poder utilizar em outros trabalhos. Em dupla, imaginem a seguinte situao: um amigo vai construir uma casa e chamou-os para ajud-lo na preparao do local. Considerem que o terreno dele tem o formato e as metragens indicados a seguir. Ajudem-no a calcular o nmero de peas de compensado, pontaletes e sarrafos de que vocs vo precisar para cercar o terreno.

Curso Pedreiro - Parte 1

Agora que voc j calculou os materiais e j sabe as ferramentas que vai utilizar, veja como unir os madeirites e cercar o terreno ou, como se diz no jargo das obras, tapumar. Passo a passo: 1. Marque os pontos onde vai cravar os pontaletes de madeira, a cada 1,10 m. Com a cavadeira, faa buracos em todos os pontos marcados, com aproximadamente 80 cm de profundidade. Posicione os pontaletes nos buracos e aterre ou preencha os buracos com concreto para que fquem frmes no solo.

Posicione os sarrafos de madeira horizontalmente e pregue-os nos pontaletes. O primeiro sarrafo dever estar rente ao solo; o segundo, no meio da parte aparente do pontalete, a aproximadamente 1,10 m do solo; e o terceiro, na parte superior do pontalete, a aproximadamente 2,10 m do solo.

A ltima etapa ser pregar as peas de compensado nos sarrafos, concluindo o processo de tapumar cercar o terreno. Deixe um espao de pelo menos 3 m de largura para o porto, tamanho suficiente para um caminho entrar na obra, caso seja necessrio.

Construir um local para depsito de materiais e ferramentas Outro passo dessa etapa garantir um local fechado e seguro para guardar materiais e ferramentas. Como nas etapas j citadas, as dimenses e a estrutura do depsito dependero da dimenso da obra e do tempo previsto para sua utilizao. Em grandes obras de infraestrutura ou prdios, por exemplo, esses depsitos so feitos de alvenaria de blocos cermicos ou de concreto e oferecem maior segurana e conforto.

Nesse caso, tambm comum que se construa um lugar de abrigo para um ou mais operrios, que podem morar na obra durante sua realizao. Em obras pequenas, o mesmo tipo de chapa de compensado madeirite usado para cercar o terreno pode servir para fazer um cmodo onde ferramentas e materiais de uso cotidiano so guardados.

Neste momento do curso, vamos ver como se faz esse quartinho utilizando chapas de compensado. O assunto como fazer paredes de alvenaria ser tratado mais adiante, quando formos falar sobre como erguer as paredes de uma casa na Unidade 7. Vamos comear mais uma vez listando ferramentas e materiais de que voc precisar: Ferramentas Cavadeira Martelo Trena Esquadro.

Materiais Chapasdecompensado madeirite ,comespessurade 6 mm a 10 mm, largurade1,10mecomprimento de2,20m. Pontaletes ou caibros de madeira serrada para fazer pequenos pilares.

Dimensosugerida: 8 cm x 8 cm ou6cmx16cm. Doisdelesqueficaroaofundododepsitodevemser 50 cm maioresdoqueosdemais,paraproporcionarocaimentonotelhado. Sugesto: 3 m e 3,5 m. Sarrafosdemadeiraserradaparafazerotravamentodospontaleteseosuportedaschapasde compensado. Dimensosugerida: 7 cm, comcomprimentode 3,3 m. Materiais Vigasdemadeiraserradade6cmx12cm,com 4 m decomprimento,parasuportedotelhado.

Telhasonduladasdefibrocimentode6mmdeespessuracomdimensesde 0,50 m x 2,44 m ede 0,50 m x 1,22 m. Pregos de diferentes tamanhos. Antes de iniciar, lembre-se de que se trata de um depsito simples e temporrio, que ser desmanchado no fnal da obra.

Por isso, no so necessrios forro nem janela. Alm disso, materiais j utilizados em outras obras podero ser aproveitados. O tamanho do local, mais uma vez, depender do porte da obra. Para terreno e obra pequenos, um depsito quadrado com cerca de 3,3 m de cada lado dever ser sufciente. Para fazer o clculo das quantidades, use o mesmo raciocnio utilizado para cercar o terreno.

Sero necessrios: 12 chapas de compensado madeirite : trs peas para cada lado, formando uma parede de 3,30 m; 5 pontaletes, um para cada canto e um para a porta. Trs pontaletes devem ter 3 m de comprimento, e dois deles, 3,5 m.

Alm disso, voc precisar de: 12 sarrafos que faro o travamento dos pontaletes e o suporte dos compensados; 4 vigas de madeira para a sustentao do telhado; e 16 telhas de fbrocimento onduladas, de 6 mm, sendo 8, com 0,50 m 2,44 m, e 8 com 0,50 m 1,22 m.

Calculados e adquiridos os materiais e as ferramentas, vamos ao passo a passo para fazer o depsito. Marque os pontos nos quais vai cravar os pontaletes de madeira, formando um quadrado de 3,30 m de lado. Em um dos lados, onde estar a porta do barraco, marque mais um ponto, que dever estar a uma distncia de 1,10 m do canto.

Os pontaletes maiores, com comprimento de 3,5 m, devem fcar ao fundo do depsito. Com a cavadeira, faa buracos em todos os pontos marcados com, aproximadamente, 80 cm de profundidade.

O primeiro sarrafo dever estar rente ao solo; o segundo, a aproximadamente 1 m do solo; e o terceiro, na parte superior do pontalete, a aproximadamente 2 m do solo. O terceiro sarrafo deve fcar a uma distncia de 20 cm a 25 cm da parte superior do pontalete, pois acima deles ainda viro as vigas de madeira serrada. Posicione as vigas e pregue-as nas extremidades superiores dos pontaletes. Pregue as chapas de compensado nos sarrafos, fazendo as paredes do barraco.

Lembre-se de que uma das chapas far as vezes de uma porta e dever ser presa com dobradias. Coloque as telhas sobre as vigas, prendendo-as com parafusos especfcos para telhas. O piso do barraco pode ser deixado de terra batida ou, se houver necessidade, faa uma cobertura com tijolos ou concreto magro espessura de 6 cm.

Conforme j citado, esse um tipo de concreto que usa pouco cimento e, portanto, tem um custo mais baixo e menor resistncia assim voc no gastar muito e ser fcil desmanchar o depsito quando acabar a obra. Para terminar nossa conversa sobre a preparao do terreno, no se esquea de providenciar dois bons cadeados: um para o depsito e outro para o porto de entrada do tapume que cerca o terreno.

Antes de passar para a etapa seguinte, vamos realizar mais uma atividade. Imagine agora que voc foi contratado para fazer uma reforma e no uma obra completa. Lembre-se do que voc viu nas etapas anteriores e responda: 1. Quais ferramentas citadas nesta Unidade voc precisar ter? Outros equipamentos indispensveis nas obras Como j citado, as ferramentas e os materiais a serem utilizados e aqueles que voc precisar adquirir em cada etapa sero informados ou relembrados conforme forem necessrios para o trabalho.

Mas, neste momento, falaremos de equipamentos que no podem ser deixados para depois, pois permitiro que voc trabalhe com segurana: so os Equipamentos de Proteo Individual EPI. Muita gente acha que se preocupar com equipamentos de segurana desperdcio de tempo e dinheiro.

Curso de Pedreiro - Cursos de Elite

Mas no bem assim. As obras so locais onde muitos acidentes podem acontecer quando menos se espera. Voc estar em contato constante com materiais e ferramentas que cortam cortantes ou que podem machuc-lo, como pregos, farpas de madeira, pedaos de ferro, blocos de concreto, tijolos, martelos, ps, enxadas etc.

Isso sem contar a possibilidade de sofrer quedas de pequenas ou grandes alturas. Em dupla com o colega ao lado, discutam quais EPI vocs consideram essenciais e justifquem suas respostas. Se vocs consideraram todos eles essenciais, esto certos.

Mapa do Site

A depender do tamanho e do tipo de obra, nenhum desses equipamentos dispensvel, e o monitor pode ajud-los a identifcar por que, caso a segunda coluna de sua tabela esteja incompleta. Alm desses, h equipamentos de segurana mais especfcos, para quem trabalha em condies especiais sob altas temperaturas ou com produtos qumicos, por exemplo , e equipamentos coletivos que tambm devem ser providenciados pelos empregadores, como prendedores de cintos de segurana para grandes alturas, telas protetoras, andaimes seguros, roupas isolantes, capas de chuva, entre outros.

Conforme artigo de Renata vila na revista Equipe de obra: EPI Equipamento de Proteo Individual todo dispositivo de uso individual que protege o trabalhador de riscos sua segurana e [sua] sade no ambiente de trabalho. Alguns so usados por todos os funcionrios na obra, como o capacete e as botas. Outros so de uso mais especfico. O uso de EPIs depende do risco a que o trabalhador est exposto. O empregador deve adquirir os EPIs, exigir o seu uso, orientar e treinar o funcionrio, trocar os EPIs danificados e responsabilizar-se pela higienizao e manuteno.

J o funcionrio deve utilizar o EPI corretamente, responsabilizar-se pela guarda e conservao e falar para o empregador se o equipamento estiver sem condies de uso. Fique ligado!

DVD BAIXAR CURSO DE GRATIS EM PEDREIRO

De acordo com a Norma Regulamentadora n o 18 NR do Ministrio do Trabalho e Emprego, os Equipamentos de Proteo Individual devem ser fornecidos de forma gratuita para os empregados de qualquer ocupao. Se o trabalhador for autnomo, ele tambm deve adquirir os EPI, pois estar zelando pela prpria segurana. O uso de um ou outro EPI dispensado apenas se houver medidas de proteo coletivas que o substituam, oferecendo completa proteo aos operrios. Por exemplo, em uma grande obra, com grandes alturas, a empresa construtora deve providenciar um Equipamento de Proteo Coletiva EPC chamado guarda-corpo.

Nesse caso, o cinto de segurana pode ser dispensado. Capacete de segurana culos de segurana Protetor auricular Mscara filtradora Cinto de segurana Camisa ou camiseta. L voc encontrar orientaes sobre riscos, providncias e direitos dos trabalhadores no caso de sofrerem acidentes de trabalho.

Segundo esse rgo, acidente de trabalho aquele que ocorre pelo exerccio do trabalho a servio da empresa ou pelo exerccio do trabalho dos segurados especiais, provocando leso corporal ou perturbao funcional, permanente ou temporria, que cause a morte, a perda ou a reduo da capacidade para o trabalho. Consideram-se acidente do trabalho a doena profssional e a doena do trabalho. Acesso em: 21 jun. Ou seja, so aproximadamente 35 mil acidentes por ano. Momento de reflexo Antes de encerrar esta Unidade, vamos ver como o artista espanhol Francisco de Goya retratou a questo dos acidentes de trabalho na construo civil.

Observe o quadro O pedreiro ferido, de Francisco de Goya Francisco de Goya. O pedreiro ferido, Museu Nacional do Prado, Madri, Espanha. O que o pintor retrata nesse quadro e quais suas sensaes diante dessa obra? Que outro nome essa obra poderia ter? Existem equipamentos de segurana coletivos nessa obra? Os operrios esto fazendo uso de Equipamentos de Proteo Individual? Pesquise na internet, no laboratrio de informtica, imagens de outras obras de Francisco de Goya e de Eugnio Sigaud , conhecido como pintor dos operrios, e refita sobre as formas de esses artistas verem o tra balho operrio na construo civil.

Amou daquela vez como se fosse a ltima Beijou sua mulher como se fosse a ltima E cada filho seu como se fosse o nico E atravessou a rua com seu passo tmido Subiu a construo como se fosse mquina. Amou daquela vez como se fosse mquina Beijou sua mulher como se fosse lgico Ergueu no patamar quatro paredes flcidas Sentou pra descansar como se fosse um pssaro E flutuou no ar como se fosse um prncipe E se acabou no cho feito um pacote bbado Morreu na contramo atrapalhando o sbado.

Em dupla, discutam: O que Chico Buarque quis mostrar nessa cano? Agora, individualmente, escreva um texto expressando como se sentiu ouvindo a cano e o que espera de sua futura ocupao. Operrios trabalham na obra do novo Estdio do Corinthians, conhecido como Itaquero, no bairro de Itaquera, zona leste da capital paulista. O local ser a sede para a Abertura da Copa do Mundo de So Paulo SP , 2 jan. Read Free For 30 Days. Curso Pedreiro - Parte 1. Flag for inappropriate content.

Related titles. Carousel Previous Carousel Next. Jump to Page. Search inside document. Seja Bem Vindo! Hudson Calasans Pedra do altar E por que motivo essa construo foi feita?

Vale do Urubamba, Peru. Catedral Notre-Dame. Paris, Frana. Com qual fnalidade? Como ele se encontra atualmente? Hudson Calasans Veja como esse mecanismo funcionava: Cunhas pequenas peas pontiagudas de madeira eram colocadas em pequenas rachaduras nas pedras. Lara S. Portal de Mapas 2. Barcelona, Espanha. Fortaleza CE. So Paulo SP. Ponte com estrutura metlica na cidade do Porto, Portugal.

Estufa para palmas datada de Jardim Botnico de Belfast, Irlanda do Norte. Centro histrico de So Lus MA. Casaro decorado com azulejo portugus na Rua Estrela. Pense em tudo o que j fez e liste o que voc acredita ter relao com a ocupao de pedreiro.

Veja agora como o poeta Vinicius de Moraes descreveu, em , essa ocupao: O operrio em construo Vinicius de Moraes Era ele que erguia casas Onde antes s havia cho. De forma que, certo dia mesa, ao cortar o po O operrio foi tomado De uma sbita emoo Ao constatar assombrado Que tudo naquela mesa Garrafa, prato, faco Vinicius de Moraes foi poeta, compositor e dramaturgo.

Trabalhar em grandes alturas O que sei fazer O que sei fazer mais ou menos O que no sei fazer Voc sabia? Tipos de conhecimento Conhecimentos relacionados s minhas experincias de trabalho Exemplos Conhecimentos que tenho Fuiajudantede balco numa padaria. Conhecimentos relacionados ao m e u jeito de ser e de agir Gosto bastante de conversar e de trabalhar com outras pessoas.

No dia da entrevista, leve as perguntas escritas e anote as respostas. Marretas feitas de madeira dura, foram utilizadas com cinzis. Fotos: Paulo Savala O prumo de centro tem o formato de um cone e sua ponta possibilita marcar o centro exato de um local. Existe mais de um tipo de nvel: 52 Pedreiro 1 nvel de bolha parece uma rgua e pode ser de madeira ou metal. Paulo Savala H ainda o nvel a laser fala- se liser uma ferramenta mais sofsticada, usada em geral por empresas de construo civil, sobretudo quando h necessidade de maior preciso.

Por exemplo, um ngulo de 60 entre duas retas significa que elas se encontram da seguinte forma: Outra ferramenta utilizada para fazer medidas o chamado metro, fabricado de madeira. Fotos: Paulo Savala Colher meia-cana De formato arredondado, serve para aplicar argamassa no assentamento de tijolos e blocos. Paulo Savala As com base de espuma ou feltro, para acertar revestimentos de paredes. Paulo Savala P til para carregar pequenas quantidades de material em curtas distncias, como no caso da preparao de concreto e argamassa.

Paulo Savala J a cavadeira serve para fazer buracos mais rasos e menores. Paulo Savala Furadeira Sua utilizao bastante comum, j que possibilita fazer furos de diferentes dimetros e profundidades, conforme o tipo de broca escolhido.

Paulo Savala Arco de serra e serrote Utilizado para cortar ou serrar metais, madeira, plstico e outros materiais, o arco de serra tambm conhecido como arco de segueta. Paulo Savala Linha de nilon Serve para marcar reas, fazer locao da obra, bem como para controlar o alinhamento de tijolos e blocos, quando uma parede est sendo erguida.

Paulo Savala Peneira Usada para deixar homogneos areia, terra, cimento e outros materiais. Paulo Savala Soquete de madeira Usado para compactar argamassa sobre o solo no momento em que se faz o contrapiso.

Paulo Savala Betoneira Equipamento utilizado para preparar concreto e mant-lo na consistncia adequada para uso. Pedreiro 1 71 grados: gros maiores, que fcam retidos em uma peneira com malha equivalente a 4,8 mm peneira nmero 4.

Atividade 3 e xp e ri n cia d e Fab ri c a o d e co n creto Como j citado, o concreto feito a partir de uma combinao de aglomerantes, agregados, gua e aditivos. Material C i m e nt o Portland Agregados gua Quantidade b Que ferramentas foram usadas para fazer a mistura? Pedreiro 1 Use gua limpa e preste bastante ateno na quantidade exata da mistura. Falaremos mais sobre esses materiais quando passarmos ao passo a passo de uma construo.

Este tipo de desenho chamado de planta baixa. Nele, a casa vista de cima. Relembre a relao entre estas medidas: Medidas lineares Mltiplo Quilmetro km 0, Para saber um pouco mais sobre esse tema, voc pode consultar pela internet: Caderno do Trabalhador 3 Contedos Gerais, Fazendo contas Unidade 3.

Observe novamente, com ateno, a planta a seguir. Planomotor 10,45 8,15 rea da casa: ,58m rea externa: 33,80m rea total: ,38m Varanda 2,00 2,00 3,00 4,00 Cozinha A. Calcule as reas, em m 2, de cada cmodo: a varanda: b cozinha: c rea de servio: d sala: e quarto 1: f quarto 2: g sute: h banheiro 1: i banheiro 2: Entenda a simbologia Para que seu entendimento da planta seja completo, ainda h necessidade de conhecer alguns detalhes. Smbolo Ilustra es: Planomoto r Significado P o r t a : alm de marcar a existncia de uma porta, esse smbolo tambm indica o sentido de sua abertura.

Veja a seguir. Ilustra es: Planomoto r Voc sabia? Cortes Todo projeto por mais simples que seja precisa ser aprovado pela prefeitura da cidade onde a obra ser realizada. Ilustra es: Planomoto r Fachada Observe, nos exemplos anteriores, que o desenho da fachada pode ser desdobrado em vrios desenhos, mostrando como deve ser a frente da casa, a parte de trs os fundos e as laterais.

Planomotor Ainda que esses aspectos no faam parte de sua capacitao geral, importante que voc tenha ideia de como so esses desenhos. Ilustra es: Planomoto r Saber um pouco sobre as instalaes eltricas tambm importante. Pesquise, no municpio em que voc vive, qual a empresa responsvel e anote a seguir, para lembrar mais tarde: tambm muito importante verifcar se h redes de energia e de esgoto no local e pedir a ligao delas se no houver. Paulo Savala H casos em que a limpeza implica demolio de construes.

Paulo Savala Voc sabia? Planomotor O terreno um retngulo; portanto, as medidas de superfcie de seus dois lados L so iguais; e as medidas da frente e do fundo tambm F.

Para fazer o travamento dos pontaletes so necessrias trs linhas de sarrafos de madeira, conforme mostra o desenho a seguir: Planomotor Sarrafo Pontalete Os sarrafos de madeira, portanto, devero ser em nmero sufciente para cercar trs vezes o terreno.

Planomotor Agora que voc j calculou os materiais e j sabe as ferramentas que vai utilizar, veja como unir os madeirites e cercar o terreno ou, como se diz no jargo das obras, tapumar. Planomotor Deixe um espao de pelo menos 3 m de largura para o porto, tamanho suficiente para um caminho entrar na obra, caso seja necessrio.

Decoraг§гјo festa frozen bem simples

Vamos comear mais uma vez listando ferramentas e materiais de que voc precisar: Ferramentas Cavadeira Martelo Trena Esquadro Materiais Chapasdecompensado madeirite ,comespessurade 6 mm a 10 mm, largurade1,10mecomprimento de2,20m. Como voc poder guardar as ferramentas e os materiais que utilizar na reforma? Luvas de raspa Cala comprida Calado fechado Obs. Atividade 4 o aci d e nte d e tr ab al h o na p i ntu r a Observe o quadro O pedreiro ferido, de Francisco de Goya Leia a letra e, se possvel, oua a cano Construo, de Chico Buarque de Holanda.

Dagmar Cerqueira. Mario Mariano. Heidi Hart. Gilberto Oliveira. Suzana Cali. Instituto Teológico Gamaliel. Mirella Carvalho. PrJeferson Costa. Silvando Oliveira. English Ingles Caderno. Adaias Marcos Adaias. Nilton Pedreira. Daybe Santos. Luis Eduardo Zuffo. Ingles TC. Pedro Estigarribia. Tiger Silva. More From Mario Mariano. Luciano Duarte. Antonio Passos. Cicero Fernandes.

Gustavo Pereira. Arnaldo Almeida. Juliene Lobo. Fernanda Pereira. Popular in Rome. Marina Rocha. Camila Wolpato.

Zé Silveira. Guto Gomes Gomes. Juliana Melo. Roger Silva. Filipa Pereira da Silva. Thais Salles. Dayane Borges Morais. Junior Rodrigues. Rosinda Costa. Valdeci Cunha. Paulo Cesar Azevedo. Feliciano Joaquim Cristo Ferro. Obter preço. Tamanho: Kb Hospedagem: Download do curso: Obter preço. Curso de pedreiro - Upload, Share, and Discover Content on Curso de Curso de pedreiro de alvenaria e acabamento em Belo Curso De Pedreiro Pdf Download downloadthingsfast. Pedreiro, Curso Padre Reus de Pedreiro.

Faça sua matrícula agora! Buscas Recentes: pedreiro viado download; apostila de mestre de obras gratis pdf; download curso mestre de obras; Apostila De Mestre De Obra; curso pedreiro pd Obter preço. Curso de Pedreiro Gratuito para leigos. Nesse vídeo você aprende dicas sobre: Obter preço. Curso De Pedreiro Pdf Download downloadthingsfast Anti-Hijacker stops your home page from being changed and assures it always remains as you originally set it.